Para usar o dcmctl teremos que incluir a pasta, ORACLE_HOME/dcm/bin na variavel PATH e com ele podemos:

  • dcmctl listcomponents – Lista os componentes da instancia.
  • dcmctl resyncinstance – Atualiza a informação da configuração a partir dos dados no repositorio
  • metadados.
  • dcmctl createcomponent -ct oc4j -co oc4j_novo – Cria uma instancia nova OC4J com o nome de oc4j_novo.

Podemos também, para fins de criação de novos scripts chamar o dcmctl a partir de um modo em lote.

dcmctl shell -f scriptdcm.dcm

Conteudo do arquivo scriptdcm.dcm:
createcomponent -ct oc4j -co oc4j_novo