Acho interessante criar uma tabela para acessar o arquivo alert, assim nao e necessario abrir o arquivo de alerta para se verificar o conteudo das linhas.
Outro detalhe e que se pode criar rotinas para percorrer o arquivo de alerta
para verificar seu conteudo. Primeiro passo e criar um diretorio:

Create directory BDUMP as ‘c:oracle9iadminprodbdump’;
Create directory BDUMP as ‘c:oracle9iadminprodbdump’;

Create table alert_log (text varchar2(200))
Organization EXTERNAL (
Type oracle_loader
Default directory BDUMP
Access parameters
(
Records delimited by newline
Badfile ‘rejeitado.bad’
Logfile ‘logs.log’
Fields terminated by ‘
)
Location (‘diralert.log’)
)
Reject limit unlimited;